Importante aos que atuam ou pretendem atuar com as empresas operadoras dos planos

Nutricionista! Acesse o site do seu CRN e se inscreva no processo de avaliação para ter o seu Fator de Qualidade (FQ). Ele é usado no cálculo do reajuste do valor que você deve receber pelos serviços prestados às empresas operadoras dos planos.
Para ganhar esse aumento, quem já trabalha com qualquer uma delas em suas consultas tem de se cadastrar outra vez. E quem pretende trabalhar, mas ainda não firmou contrato de prestação de serviço, também pode se inscrever e garantir logo o seu Fator. O prazo vai até o dia 23 de fevereiro para todos os interessados.
Para se cadastrar, você, nutricionista, deve preencher o formulário disponível no site do seu Regional e anexar os comprovantes de sua titulação. Valem como documentos os títulos de residência, especialização, pós-graduação lato e stricto sensu.
Após essa etapa, o seu CRN confere o preenchimento do formulário de inscrição e os arquivos anexados. É ele que vai avaliar a sua atual qualificação acadêmica e técnico-profissional, bem como apontar qual o seu Fator de Qualidade.
Fique atento! Não deixe de comprovar toda a sua qualificação descrita no formulário. Caso ocorra qualquer dúvida, o Regional poderá entrar em contato com você até o dia 23 de fevereiro.
Vários colegas já se inscreveram, mas ainda estão com documentação pendente. Se eles não concluírem o processo até o dia 23, não vão conseguir ter Fator de Qualidade para este ano.
Atenção na hora de enviar tudo! Cuidado, por exemplo, para não se inscrever duas vezes. Isso atrapalha e dificulta a avaliação dos dados de inscrição pelos Regionais.

Para onde vão os meus dados?

O fluxo é assim:
– O seu CRN recebe e confere a sua inscrição e os seus documentos;
– Depois disso, o Regional vai qualificá-lo em três níveis: A, B ou 85%
– Daí, o CRN enviará relatório, com a qualificação apontada por ele, ao Conselho Federal de Nutricionistas;
– O CFN vai centralizar os relatórios enviados pelos dez Regionais e encaminhá-los à Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS).
– A ANS receberá essas qualificações e publicará, no portal dela, a sua classificação como profissional nível A, B ou 85%.

Como funciona o cálculo do reajuste?

Para receber o reajuste esperado, tenha como base de cálculo o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). O seu Fator de Qualidade vai determinar quanto desse índice você deve receber. Após esse processo de inscrição e avaliação, se você for classificado como profissional nível A, vai receber 105% do valor do IPCA. Caso seja classificado como profissional nível B, vai receber 100% do IPCA. Você poderá receber ainda 85% dele.
Os critérios estabelecidos pela ANS para a obtenção do seu Fator de Qualidade são os seguintes:

  • Nível A: reajuste de 105% do valor do IPCA
    Para quem comprovar a titulação informada no ato da inscrição no CRN, responder as questões do formulário e assistir a um vídeo sobre qualidade em saúde e o “cuidado centrado no paciente”.
  • Nível B: reajuste de 100% do valor do IPCA
    Caso você não tenha título algum, responda ao formulário e assista ao vídeo para assegurar esta porcentagem.
  • Sem nível: reajuste de 85% do valor do IPCA

Para aqueles que não atenderem aos requisitos do nível “A” ou “B”: quem não tem título nem inscrição feita.

Observações

Para a concessão de qualquer reajuste, esses percentuais serão aplicados ao profissional quando não houver negociação específica e/ou individual com os planos de saúde.
Não deixe para a última hora! Corra atrás do seu Fator de Qualidade.

Lei nº 13.003

Resolução Normativa 304/2014

Instrução Normativa 61/2015

Saiba mais sobre Fator de Qualidade

Contato dos CRN

Portal ANS