Na quarta-feira (26), o CFN promoveu para os colaboradores da sede, em Brasília (DF), o primeiro encontro do Projeto Alimentação Saudável no Ambiente de Trabalho, apresentado pelas estagiárias da Unidade Técnica (UT), Kássia Giovanna e Roberta Campos, como produto final do estágio.

Na ocasião foi apresentada a iniciativa do CFN/Asbran pela restrição da gordura trans nos alimentos, presente nos biscoitos recheados e salgadinhos, por exemplo. A ideia do projeto é estimular hábitos alimentares saudáveis com escolhas conscientes por alimentos in natura, evitando assim o consumo excessivo dos ultraprocessados.

Para o assistente administrativo, Felipe Amorim, o projeto contribui para melhor qualidade de vida. “É uma boa iniciativa do CFN, pois nos auxilia na hora de escolher o que comer e nos faz pensar sobre a qualidade dos alimentos que estamos consumindo”, destacou.

Também foi divulgado o resultado da pesquisa com os funcionários, para coleta de sugestões sobre alimentos que poderiam ser disponibilizados como pequenos lanches, na copa do CFN. A grande maioria optou por frutas, frutas desidratadas e massa para o preparo de tapioca, compondo assim um cardápio básico.